08102018_jurimaraba_1.jpg

Na manhã dessa segunda-feira, 8, a Defensoria Pública do Estado garantiu a absolvição do assistido R.S.S.S acusado de homicídio qualificado, na Vila Taimã, localizada na zona rural de Marabá.

Segundo o Ministério Público, no dia 15 de junho de 2001, R.S.S.S teria efetuado disparos de arma de fogo contra W.D durante um confronto entre ambos, decorrente do ciúmes do assistido com sua esposa e o W.D, vitimando fatalmente R.S.S.S.

O assistido foi levado a júri popular, e durante o seu depoimento sustentou a tese de legítima defesa, pois esclareceu que vinha sendo ameaçando de morte publicamente na Vila Taimã, por R.S.S.S.  Dessa forma, o conselho de sentença acolheu a tese de legítima defesa sustentada pelo defensor público Allysson Castro, juntamente com o Ministério público, e absolveu o assistido por maioria dos votos.

 

Texto: Luana Cantanhede

Foto: Divulgação

Horário de Funcionamento

Segunda a Sexta-feira das 08:00 às 14:00

Endereço

Prédio SEDE
Rua Padre Prudêncio, nº 154, Belém - Pará - Brasil.
CEP: 66019-080
Fone: (91) 3201-2700
Central de Atendimento
Rua Manoel Barata, nº 50, Belém - Pará - Brasil.
CEP: 66015-020
Fone: (91) 3239-4050

Defensorias Públicas

Homologado Para

Desenvolvido por: Equipe sistemas NTI e Equilibrium Web
Aguarde, carregando...