03052018_visitaufpa_2.png

A Escola Superior da Defensoria Pública do Estado do Pará iniciou na última quarta-feira, 2 de maio, o projeto “Visitas Monitoradas”, que tem como objetivo fazer com que os acadêmicos das Faculdades de Direito das Instituições de Ensino Superior, possam ter um contato com a Defensoria Pública da melhor forma possível, com visitas guiadas pelos coordenadores dos Núcleos. Nesta primeira visita, os acadêmicos de Direito da Universidade Federal do Estado do Pará conheceram a fundo o trabalho de três núcleos específicos: Núcleo de Atendimento à Família (Naefa), Núcleo de Atendimento Criminal (Nacri) e Núcleo de Defesa do Consumidor (Nudecon).

03052018_visitaufpa_3.png

A Diretora da Escola Superior da Defensoria Pública do Estado, Alessandra Damasceno Guedes, falou sobre a iniciação do novo projeto. Para ela, trata-se de uma oportunidade única em conhecer a funcionamento institucional da Defensoria Pública, bem como suas demandas. “Hoje, a Escola Superior está inaugurando um projeto novo de visitas monitoradas de acadêmicos de Direito em nossa instituição. Os estudantes terão a oportunidade única de conhecer a Defensoria Pública, em que consiste a nossa carreira e as atividades praticadas na instituição no dia-dia. Eles irão visitar alguns Núcleos específicos: Núcleo de Atendimento à Família (Naefa), Núcleo de Atendimento Criminal (Nacri) e Núcleo de Defesa do Consumidor (Nudecon). Vão verificar como é feita a triagem, o atendimento e quais os tipos de demandas mais corriqueiras, bem como, o funcionamento da carreira em si, para que eles possam se apropriar do funcionamento do órgão num todo, conhecer a instituição e quem sabe um dia poder integrar a nossa casa”, destacou a diretora da Escola Superior.

O professor da UFPA, João Daniel, foi quem trouxe os alunos da universidade até a Defensoria Pública. Para o docente de Direito, apresentar os alunos às mais importantes instituições ligadas ao Poder Judiciário do Estado é de grande valia para o conhecimento acadêmico, que também está relacionado à disciplina de “Prática Forense”, ministrada pelo próprio professor e que está ligada a visita. “A gente trabalha no modelo de metodologia da disciplina a partir de visitas guiadas, onde os alunos conhecem a estrutura de funcionamento desses órgãos, tem a oportunidade de conversar sob a demanda que eles atendem e os profissionais que atuam vinculados ao Poder Judiciário num todo. Eu considero que a Defensoria é, sem dúvidas, um dos mais importantes órgãos de atuação no Estado, principalmente por conta das demandas que recebe em prol da população”, dissertou.

03052018_visitaufpa_4.png

Para os professores da faculdade de Direito, um trabalho de extensão valioso no currículo acadêmico. Para os alunos, uma experiência inesquecível. O acadêmico Alexandre Rocha ressaltou que a visita reforça o conhecimento técnico e prático aprendido durante o curso de Direito na universidade. A materialização e concretização dos Direitos Humanos, segundo ele, é o que torna a Defensoria Pública um órgão diferenciado e de suma importância para as pessoas. “A importância dessa visita é que demonstra a Defensoria como uma função essencial à justiça. Podemos visualizar a funcionalidade dela, principalmente no Estado do Pará, que é um dos maiores estados do Brasil em termos demográficos. Então podemos ver o atendimento à população aqui sendo feito de maneira objetiva, mesmo com a demanda grande”, disse o estudante.

A estudante Gabriela Batista, do 7º período, destacou os pontos fortes da visita. “A visita na Defensoria Pública do Estado que fizemos hoje foi muito importante para esclarecer questões como funcionamento e atendimento por essa instituição. A forma como a instituição atua, como no Núcleo de Atendimento à Família (Naefa), que tem como exemplo o “Programa Pai Legal”, que tornou bem factível essa atuação do Estado no reconhecimento e na própria constituição das famílias, então esse foi um ponto muito interessante na visita. Gostei muito do atendimento que recebemos dos próprios servidores, dos membros e foi muito bom”, finalizou.

Texto: Rodolpho Henriques
Foto: Matheus Nogueira


Horário de Funcionamento

Segunda a Sexta-feira das 08:00 às 14:00

Endereço

Prédio SEDE
Rua Padre Prudêncio, nº 154, Belém - Pará - Brasil.
CEP: 66019-080
Fone: (91) 3201-2700
Central de Atendimento
Rua Manoel Barata, nº 50, Belém - Pará - Brasil.
CEP: 66015-020
Fone: (91) 3239-4050

Defensorias Públicas

Homologado Para

Desenvolvido por: Equipe sistemas NTI e Equilibrium Web
Aguarde, carregando...